Viva o seu sonho!

Viva o seu sonho!


A Migre Seu Negócio nasceu em 2011 da nossa vontade de ajudar os micro e pequenos empreendedores a levarem seus negócios para o mundo digital, através de um construtor de site simples e amigável.

Mas hoje, a internet faz parte de nossas vidas de tal forma que o real e o virtual se misturam, e com isso, nós podemos sonhar cada vez mais alto!

Hoje nós guiamos as empresas pelo universo do marketing digital e ajudamos a enfrentar todos os desafios em marketing e vendas.

Nós queremos potencializar negócios que contribuem para um mundo mais justo e sustentável.

Nosso trabalho sempre envolve esforço, criatividade, comprometimento com os resultados, e atenção aos detalhes em cada atividade realizada.

Nós acreditamos que o bom humor é essencial para a felicidade das pessoas; a curiosidade é o que move para a inovação; a gentileza cria harmonia nas nossas relações; a empatia nos deixa mais sensatos e humanos; e a ética orienta nosso comportamento e ações.

O que nos define?

A capacidade de mudar constantemente, de encontrar o que funciona agora, é o que mantém qualquer organismo vivo.

Autogestão

Confiança

  • Nos relacionamos uns com os outros supondo intenções positivas.
  • Até que se prove estarmos errados, confiar nas pessoas é a maneira padrão de interação.
  • Liberdade e responsabilidade são dois lados da mesma moeda.

Informação e tomadas de decisão

  • Todas as informações do negócio são abertas para todos.
  • Cada um de nós é capaz de lidar com notícias difíceis e sensíveis.
  • Acreditamos no poder da inteligência coletiva. Ninguém é tão esperto quanto todos nós juntos. Portanto, todas as decisões serão tomadas com o processo de aconselhamento.

Propósito

Propósito coletivo

  • Vemos a Migre Seu Negócio com uma alma e propósito próprios.
  • Tentamos sentir a direção para onde a organização quer ir e cuidamos para não a forçar num sentido específico.

Propósito individual

  • Temos um dever a nós mesmos e à Migre Seu Negócio de investigar sobre nosso próprio chamado, para vermos se e como ele reverbera com o propósito da organização.
  • Tentamos imbuir nossas funções com nossas almas, não com nossos egos.

Planejamento

  • Tentar prever e controlar o futuro é inútil. Fazemos previsões apenas quando uma decisão específica nos força a isso.
  • Tudo se desdobrará com mais graça se paramos de tentar controlar e escolhermos simplesmente perceber e responder.

Lucro

  • No longo prazo, não há troca entre propósito e lucro. Se nos focarmos no propósito, o lucro e o que segue.

Integralidade

Igual valor

  • Todos nós temos fundamentalmente igual valor.
  • Ao mesmo tempo, nossa comunidade será mais rica se deixarmos todos os membros contribuírem cada um a sua maneira, valorizando as diferenças de papéis, educação, históricos, interesses, habilidades, personalidade, pontos de vista, e assim por diante.

Segurança e zelo

  • Qualquer situação pode ser abordada a partir do medo e da separação, ou a partir do amor e da conexão. Escolhemos amor e conexão.
  • Nos esforçamos para criar ambientes emocional e espiritualmente seguros, onde cada um de nós pode se comportar com autenticidade.
  • Honramos os estados de espírito de… [amor, cuidado, reconhecimento, gratidão, curiosidade, diversão, brincadeira…].
  • Estamos confortáveis com um vocabulário contendo palavras como cuidado, serviço, propósito, amor, alma… no ambiente de trabalho.

Interconexão

  • Buscamos um ambiente de trabalho onde possamos honrar todas as nossas partes: cognitiva, física, emocional e espiritual; racional e intuitiva; feminina e masculina.
  • Reconhecemos que somos profundamente interconectados, partes de um todo maior que inclui a natureza e todas as formas de vida.

Aprendizado

  • Todo problema é um convite ao aprendizado e ao crescimento. Sempre seremos aprendizes. Isso nunca cessará.
  • Falar é sempre uma possibilidade quando nos esforçamos audaciosamente por nosso propósito. Nós discutimos nossas falhas abertamente e aprendemos por meio delas. Esconder ou negligenciar o aprendizado a partir da falha é inaceitável.

Relacionamentos e conflito

  • É impossível mudar as outras pessoas. Podemos apenas mudar nós mesmos.
  • Nos apropriamos dos nossos pensamentos, crenças, palavras e ações.
  • Não espalhamos boatos. Não falamos pelas costas de alguém.
  • resolvemos os desentendimentos um a uma, e não arrastamos outras pessoas para dentro do problema.
  • Não atribuímos problemas a outras pessoas. Quando temos vontade de culpar alguém, entendemos como um convite à reflexão sobre como podemos ser parte do problema. (e da solução).

Lá no fundo, todo mundo anseia por um trabalho
que sirva a um propósito no mundo.